DafraHorizon2

Horizon 150 tem desenho inspirado nas estradeiras de grande porte, mas motor de 150cc carburado com desempenho modesto. Preço é de R$ 8.590

A Dafra Horizon 150 é hoje uma das poucas opções do segmento custom de baixa cilindrada. Apresentado no último Salão Duas Rodas (2015), o modelo oferece estilo clássico das grandes estradeiras, bom nível de conforto e acabamento, mecânica simples – traduzida pelo motor alimentado por carburador – e preço sugerido de R$ 8.590.

Substituta da Kansas 150 no line-up da Dafra, a Horizon tem como principal atrativo seu desenho, que foi certamente inspirado na Harley-Havidson XL 883R. Traz linhas arredondadas, algumas peças cromadas, outras em preto fosco, como o acabamento do motor. A modernidade fica por conta das rodas de liga leve de nove raios, lanterna em LED e painel com mostradores analógico e digital. Aliás, o painel traz alerta de troca de óleo – 1000 km, 3000 km, 6000 km e 9000 km.

DafraHorizonroda

Outros fatores positivos desta mini custom são ergonomia e conforto. Em função do desenho do guidão, bem aberto e curvado, os braços ficam semiflexionados e numa posição mais alta e relaxada. Boa para viajar, mas o conjunto – espelhos e guidão – é largo demais e enrosca nos retrovisores dos automóveis.

O piloto fica sentado, como em uma autêntica custom, com pedaleiras largas e um pouco avançadas. Para completar, banco largo e em dois níveis com espuma densa e confortável. O sobressalto do assento funciona, de certa forma, como apoio lombar para o condutor, ampliando o prazer na pilotagem.

Para oferecer conforto também à garupa, a unidade da Horizon 150 testada tinha encosto (sissy-bar) e bagageiro para transportar bagagem ou até instalar um baú – mas os itens são acessórios vendidos separadamente. Para uma manutenção rápida, a pequena custom da Dafra conta com cavalete central.

Primeiras impressões

Os dados técnicos de desempenho da Dafra Horizon 150 não impressionam – 12,8 cv a 7000 rpm de potência máxima e torque máximo de 1,39 kgf.m a 5500 rpm. Mas, na prática, a moto se comporta bem no trânsito carregado dos grandes centros. Tudo em função do bom escalonamento do câmbio de cinco velocidades. Além do baixo peso (141 kg em ordem de marcha) que ajuda muito nas manobras.

 

DafraHorizonmotor

Alimentada pelo velho carburador, o motor monocilíndrico de 149 cm³ gosta de rodar em médias e altas rotações. O consumo médio gira em torno 30 km/litro, o que lhe confere uma autonomia de mais de 400 quilômetros com apenas um tanque de combustível (que tem capacidade para 14 litros). Uma boa marca para esta pequena e estilosa custom.

A parte ciclística não deixa a desejar. No caso das suspensões, o conjunto deu conta do recado ao copiar as imperfeições do piso durante o uso urbano. Não deu final de curso em nenhum momento, apesar do péssimo asfalto de São Paulo.

Os freios – disco simples na dianteira e a tambor na traseira – se apresentaram um pouco ”borrachudos”, ou seja, demoravam a entre em funcionamento. Porém, aqui vale uma ressalta: a moto avaliada era praticamente zero quilômetro. Ou seja, não havia ainda uma boa acomodação das pastilhas de freio.

A Horizon 150 chega às concessionários Dafra nas cores preta e branca. E o preço público sugerido é de R$ 8.590. Sua principal concorrente é a Suzuki Intruder 125, também equipada com carburador, e que custa R$ 6.990, mas tem desempenho inferior e design menos elaborado.

DafraHorizon1

TEXTO: Aldo Tizzani / Agência INFOMOTO

FOTOS: Mario Villaescusa / Agência INFOMOTO